Pedras Guias da Georgia!

O que são as Pedras Guia da Geórgia (Georgia Guidestones)
As Pedras Guia da Geórgia (Georgia Guidestones) é um monumento em granito localizado num cume no condado de Elbert, estado norte-americano da Geórgia. O monumento fica a 72 quilômetros de Atlanta e são visíveis da Rodovia 77 (Highway 77). O granito da região é um dos melhores de todo o mundo, clima moderado e a posição geográfica (ponto mais elevado do condado) foram essenciais para a sua construção.
As Pedras Guia da Geórgia, também conhecidas como Stonehenge Americano, medem 19 pés e 3 polegadas (5,88 metros), utilizam 951 pés cúbicos (26,93 m3) de granito e todas as seis pedras juntas pesam mais de 119 toneladas.
Nas pedras estão gravadas dez frases em oito idiomas: árabe, chinês, espanhol, hebraico, hindi, inglês, russo e suaíli. No topo estão gravadas pequenas mensagens em línguas antigas: babilônio, grego clássico, sânscrito e em hieróglifos egípcios.
Entre os idiomas escolhidos para as mensagens foram ignoradas línguas faladas por milhões de pessoas como alemão, francês, grego, japonês, italiano e português. A escolha dos idiomas mostra a preocupação em balancear regiões e religiões para o entendimento das mensagens. Por isso, estão incluídos o hebraico, com apenas 11 milhões de falantes, e o suaíli, principal idioma banto com 50 milhões de falantes na África oriental, mas que não chega nem perto do total de falantes do português – sexta língua mais falada no mundo (240 milhões de falantes), excluída das inscrições possivelmente pela proximidade lingüística ao idioma espanhol, uma das oito escolhidas.
O que está escrito nas Pedras Guia da Geórgia (Georgia Guidestones)?
As dez frases escritas em cada um das oito línguas modernas são:
1. Manter a humanidade abaixo de 500.000.000 em um balanço constante com a natureza.
2. Controlar a reprodução de maneira sábia – aperfeiçoando as condições físicas e a diversidade.
3. Unir a humanidade com um novo idioma vigente.
4. Controlar a paixão – fé – tradição – e todas as coisas com razão moderada.
5. Proteger povos e nações com leis e cortes justas.
6. Permitir que todas as nações regulem-se internamente, resolvendo disputas externas em uma corte mundial.
7. Evitar leis insignificantes e governantes desnecessários.
8. Balancear direitos pessoais com deveres sociais.
9. Valorizar a verdade – beleza – amor – procurando a harmonia com o infinito.
10. Não ser um câncer na terra – Deixar espaço para a natureza – Deixar espaço para a natureza.
História nas Pedras Guia da Geórgia (Georgia Guidestones)

A lenda sobre a construção do local começou em junho de 1979, quando um bem-vestido e articulado chamado Sr. Christian (Cristão) procurou pelos escritórios de Elberton o custo de se construir um grande monumento. A empresa Elberton Granite Finishing foi contrata para realizar a obra por essa pessoa misteriosa, sob o pseudônimo de R.C. Christian. Especula-se que as iniciais R e C significam a ordem Rosa-Cruz, fraternidade que teria suas origens no personagem mítico do século XIV Christian Rosenkreuz, chamado também de Irmão C.R.C.
O Sr. Cristão disse que representava um pequeno grupo de americanos leais que vivem fora de Geórgia e que desejavam permanecer no anonimato para sempre. Ele contou aos construtores que os patrocinadores tinham planejado o monumento por anos e que os dez pontos das Pedras Guiam eram um uma apelo a todos os povos para preservar a humanidade e o planeta.
O local escolhido deveria ser remoto e longe dos turistas das cidades locais. Além da fartura de excelente granito (um dos materiais mais usados para lápides), clima e localização, o Sr. Christian disse que a escolha era também pessoal. Sua bisavó tinha nascido na Geórgia.
As Pedras Guia da Geórgia foram inauguradas em março de 1980, com a presença de 100 pessoas. A propriedade do terreno onde se encontram os monumentos é obscura. No registro de imóveis do condado de Elbert indica que o próprio condado teria comprado o terreno de cerca de 2 hectares onde está localizado o monumento em 1º de outubro de 1979 por US$ 5 mil.

6 comentários:

  1. Muito boa a história das Pedras da Georgia nunca pensei que seis pedras de granito poderiam ter uma história assim.

    ResponderExcluir
  2. A mensagem faz sentido. Além disso, entre as tabelas, você pode admirar a beleza da natureza.

    ResponderExcluir
  3. Caro amigo (a) que escreveu esse post, se você não observou bem a primeira regra das pedras da Geórgia (que aliás são metas iluminattis disfarçadas em boas maneiras), diz para manter a humanidade abaixo de 500.000.000 pessoas, atualmente nosso número explode longe disso, estamos com mais de 7.000.000.000 BILHÕES de pessoas na Terra, como eles vão acabar com todas essas pessoas para seguir suas metas? Há várias possibilidades, pesquise. E NÃO SE ENGANE.

    ResponderExcluir
  4. Esses 10 mandamentos das pedras da Georgia fazem tanto sentido quanto os 10 mandamentos originais.

    ResponderExcluir
  5. Ouvi falar que elas irão resitir ao fim do mundo

    ResponderExcluir